domingo, 25 de março de 2012

Platão

Eu sei, o sábio pensamento abaixo foi escrito há mais de um ano.
De lá pra cá, a divina entidade que o proferiu pode ter feito um puta upgrade filosófico, histórico e abandonado a gritante estupidez do anacronismo.
Mas eu resolvi 'sacramentar' o lixo aqui.


Vi aqui.

9 comentários:

Euclides F. Santeiro Filho disse...

Hahahahaha!

Duvido muito que uma “divina entidade" faça upgrade do que quer que seja, principalmente uma que diz isso:

"No entanto, se te interessa saber, cursei disciplinas de filosofia da graduação e da pós-graduação na UnB e na UFRGS, obtendo nota máxima em todas."

http://www.formspring.me/EliVieira/q/1659283410

Platão ficou intimidado com as notas da UnB e UFRGS e nem quis se revirar no túmulo. Tais instituições, reconhecidamente superiores às escolas grega e alemã de filosofia, não deixam dúvida de quem tem razão na celeuma.

Mas Nietzsche, incomodado, perguntou-me através dos portais do outro mundo como o Eli pôde postar um vídeo para criticá-lo em que Russell só tasca ad hominem?
Seria uma dica do porquê da idolatria do Bule - campeão dos ad hominem com seus críticos – em relação ao “filósofo” inglês?

E outra, já que “Platão era um irracionalista”, quem esse tal de Heidegger aí pensa que é ao contradizer Russell no próprio vídeo postado pela “divina entidade”?

http://www.youtube.com/watch?v=wT5zb1KrbW8

Yuri S. C. disse...

Como ousas questionar os atos das divinas autoridades?
Se eu aprendi algo com tais ateus, é que isso não se faz.
Cedo ou tarde, de alguma forma, o peso da censura cairá sobre você!!!
hahahahaha

blogdomensalao disse...

Não vamos ser exagerados... o idealismo platônico está superado desde Aristóteles, que por sua vez só não foi superado na Idade Média porque antes os carolas tinham que superar o medo de andar de navio a mais 2 Km do litoral. Mas a primeira coisa a ser superada depois da IM foi justamente o Ari...
Tudo bem que se vc for parar pra pensar, quase tudo que o Platão disse estava... errado. Mas só seria irraconal se fosse uma pessoa de hoje em dia falando. Considerando o pioneirismo dele e que o seu background eram os materialistas pré-sócráticos (que foram superados justamente por ele), então de fato não dá pra dizer que o Platão era irracional.

Creio que o Eli não ficaria feliz se daqui 2000 anos dissessem: "O Eli era um irracional que acreditava que câncer não tem cura, que o humanismo levemente socialista iria resolver todos os problemas do modelo econômico do tempo dele e que o Big Bang foi um evento singular" ele com certeza ficaria chateado, mas não vê que faz o mesmo.

Olha, o papel do Eli foi ridículo, mas sinceramente, acho que essas ironias que parecem não estar cobertas por nenhum conhecimento de fundo que ultrapasse o mero "falou mal do Platão = arrogante" coloca você e, em especial o Euclides ali em cima, num patamar abaixo dele...

Não to querendo te por pra baixo, pa dizer a verdade achei bem interessante a tua proposta aqui.. eu que sou meio psicopata e só vejo o defeito das coisas mesmo rs

De qualquer forma, pode passar no meu blog e me dar uma força neste tópico aqui: http://blogdomensalao.wordpress.com/2012/07/29/certificacao-de-copias-2/ por favor? Basta dar uma conferida no texto e nos principais links e ver se confere de um daqueles três que disponibilizei o link. Vlw!

Yuri S. C. disse...

Marco Aurélio Suriani ou ‘Bruno Almeida’.
Devo ficar impressionado por você ter entendido o porquê da pérola?
O que você considera rebaixamento não faz a mínima diferença pra mim, inclusive outros já falaram isso. É um trabalho bem divertido expor a sapiência de algumas divindades.
Mas vamos lá: imagino que considere um rebaixamento por eu me dedicar a coisa boba, a erros.
Então, vamos fazer o seguinte: você pega todos os seus adjetivos que já utilizou para descrever coisas do Luciano Ayan, e então faz uma verborragia dizendo que não está se rebaixando ainda mais por escrever longos posts sobre coisas tão bestas de um indivíduo que você considera tão baixo.
Depois disso, você terá ao menos um pingo de respeito para dizer isso de mim ou de qualquer outra pessoa que se diverte com as pérolas deste blog.
E não se esqueça de acrescentar nessa sua defesa o fato de você convidar a outros para se rebaixarem com você, certificando coisas.
Portanto, aceito sua autocrítica, acerca da sua psicopatia; rejeito qualquer opinião sua sobre o escopo deste blog, assim como rejeito ler a pedido as coisas do Luciano; já falei com você em outra ocasião que meu tempo é escasso. (e este blog é uma prova disso: você realmente acha que os sábios da internet escrevem para ter no máximo 6 posts por mês?? rsrs)

blogdomensalao disse...

Não entendi, sinceramente, esse seu tom agressivo. Eu queria começar uma conversa mas você quer... sei lá o que você quer.
Se você não quer ler o que digo aqui diretamente para você sequer o suficiente para entender o que estou te pedindo, ok. É só não ler... pra que ficar dando voadorinha a toa?
Vou dizer algo na boa, se seu trabalho é só ficar ironizando os deuses da internet, então você não está muito longe do que a ATEA faz rs (Preciso dizer que foi uma piada?) Afinal, críticas superficiais qualquer demente faz e a impressão que tive até agora é que você não é um deles...
Mas paciência
Quer ficar aí dando seus pitis, continue..
Quer criticar o que eu faço sem conhecer minha história e meus objetivos, vai firme..
Nada disso muda a opinião que tenho do seu blog, que postei no meu. Mas a opinião que tenho de você, bem... acho que você não se importa muito certo?
E sim, fugi do tema do post neste comentário. Mas acho justo, já que você que começou, então se for apagar, não reclama antes, tá?

blogdomensalao disse...

E outra, me responda pelo menos isto, por favor... de onde você tirou que eu rebaixei o seu trabalho? Eu disse que era trivial e simples, de modo a perder em alguns pontos e a ganhar em outros. Textos longos como os meus podem ser mais informativos, mas pouco populares (você mesmo que disse).
Há espaço para as duas abordagens na internet.

E ainda tem mais, além de eu não ter rebaixado seu estilo hora nenhuma, foi você quem rebaixou o meu.

Sorte que a opinião que fica sobre você por causa desse tipo de picuinha gratuita não te importa, me poupa uns dígitos

Yuri S. C. disse...

Bom, conversar eu converso. Mas para conversar com quem diz que “coloca você e, em especial o Euclides ali em cima, num patamar abaixo dele (autor de pérola)...” eu devo sim mostrar que se for preciso o tom não será amigável.
Do que você escreveu, o que eu não entendi? Que depois que você disse que estou em patamar abaixo de certas criaturas, disse que não queria me por pra baixo com tal observação? Qual a maneira correta de entender essa contradição? Qualquer uma que não me faça dar voadoras?

Se você quer saber do meu trabalho, comparar com ATEA e o diabo a quatro, leia o post “sobre”. Se sua conclusão é essa, por piada ou não, então tudo bem.
Concordamos que crítica superficial qualquer demente faz, mas vamos lá: quantos sites de pérolas fazem críticas fabulosas?
Talvez realmente alguém aqui quer criticar sem conhecer objetivos... para além disso, vá lá dizer que estou errado nas minhas observações sobre você e o Luciano, que você não acha as teorias do Luciano requintadíssimas, e por isso se dispôs a dignificá-las ainda mais com sua crítica. (antes de mais nada, quero salientar que acho certas coisas do Luciano puro jogo retórico, mas eu realmente não tive tempo nem vontade de averiguar de fato, já que está demasiadamente desenvolvido)
Não tem problema fugir do tema neste comentário, estamos apenas dando seguimento a uma conversa.

Donde eu tirei q vc rebaixou meu trabalho? Escrevi no início. No mínimo seus dizeres são duvidosos.
Não sei onde publicadas, mas parece que há pesquisas que dizem sobre a dificuldade de muitas pessoas em ler textos longos na internet.

Eu não rebaixei o seu, apliquei o raciocínio seu àquilo que você já disse sobre coisas do Luciano.
Sim, poupe dígitos. A caixa de comentários do blogger um limite de caracteres muito baixo.

blogdomensalao disse...

Eu só falei da questão da fuga de assunto por causa da regra 1 aqui em cima... a regra é sua, não minha, então tento obedecer :D
Olha cara, se seu problema é ser colocado num patamar abaixo do dono do bule... te garanto que vc está embranquecendo teu cabelo a toa. Apesar de 90% das pérolas colocadas aqui dispensarem absolutamente qualquer tipo de comentário, tem uns 10% que até mereciam uma resposta um pouco mais condizente, com foi este caso.
Platão estava errado e foi superado, mas isso não apaga o que ele foi para sua época e nem sua contribuição no desenvolvimento da filosofia. Dizer que ele é irracional é absolutamente errado mas não acho que a resposta merecida seja como a que foi dada, neste caso em específico. Acho que quando temos a chance de gastar 5 linhas em 10 minutos de digitação para esclarecer a situação e superar o estágio das risadas vazias, devemos fazer isso. Era somente isso que queria compartilhar com vc.. se discorda, vai fundo, continua. Não faço questão de ter meus pitacos atendidos por todo mundo, eu sei q nao sou tão bom.
Cara, na boa, não to dizendo que ele é melhor do que vc não... mas vc (e eu, e todo mundo [canta junto]) se não tomamos cuidado, ficamos que nem os três rapazes do poste da gif la de baixo da pagina principal...
E em pensar que a perfeição da analogia de comparar o dono do bule com o poste, devemos 1) levar meu aviso a sério e 2) repensar se vale a pena ficar aqui nesse papo furado sobre ele! Até pq, se vc fala assim antes, eu tbm perceberia antes que exagerei um pouquinho na crítica... de fato, o dono do bule não cometeu um equívoco, ele quis foi pagar de gostosão.
abrs

Yuri S. C. disse...

Eu embranquecendo cabelos com um problema que você acha que eu tenho? E depois reclama de 'voadoras'.
Se eu quisesse responder o ditador do bule, escreveria a ele.
Não sei como uma pessoa sem conhecimento do erro possa ter "estágio de risadas vazias", .
Sim, sou extremamente ciente de que posso cometer erros, e sempre fui disposto a reconhecer e a retificar os meus, principalmente erros aqui no blog, já que aqui é público e acessível a qualquer um. Também sei que você comete erros - já acompanhei umas patacoadas suas lá no blog do Luciano.
Apesar de ser o segundo post com o Eli aqui, curiosamente, eu fui o que menos gastei palavras para tal ente. Não me venha com essa besteira que estou de papo furado sobre ele.
E escrever pouco faz bem. Já devia ter aprendido isso.