sábado, 3 de março de 2012

Censura

Enquanto a vovô do ateísmo brazuca gasta espaço e verborragia na defesa de um ateu homossexual levado à delegacia sob certas acusações; enquanto os cristãos comemoram mais um ano de existência de sua milenar religião; enquanto pobres ateus gastam esforços na construção da ditadura atéia para o fim de qualquer expressividade religiosa fora do templo; enquanto os cristãos morrem e são perseguidos no oriente... eu estou aqui apenas para denunciar mais um ateu de raciocínio atabalhoado e de comportamento desprezível, segundo ele mesmo. : D

Há certo tempo Bart Rabelo, da banda BluesGraf, fez um post com uma réplica ao Snowball e logo em seguida fez outro o acusando de ter censurado um de seus comentários no blog do cristão. (esse post é o que chamo de "evidências de onisciência atéia")
Como "o apressado come cru", Bart Rabelo teve seu comentário publicado no site, de modo que suas palavras contra a "censura" do cristão agora não passam de mentira. (e desmentida por mim em comentário no site do Bart)

Mas para piorar a situação do glorioso ateu, ele aplicou o mesmo perverso sistema de seleção de informações (opa! hehehe) com relação a alguns de meus comentários.
Reparem no segundo print abaixo que posto três comentários (pois eles eram deletados sucessivamente) após o comentário dele. Todos foram deletados.





Ainda esta semana publicarei mais pérolas do Bart Rabelo.
(pasta com prints)

14 comentários:

A.Porto disse...

Só para constar: fui desativado
(censurado)no site dawkinsnet.
Discordar dos ateus não pode, puxar seus sacos,pode.

Yuri S. C. disse...

Normal.
É impressão minha ou o Bart deletou os divinos posts delatados aqui? rsrsrs

Bart Rabelo disse...

Estou repassando esta postagem para meu advogado.

Anônimo disse...

Banda BluesGraf não tem nada a ver com os comentários de Bart Rabelo. Mas eu tenho: sou a mãe dele, ateia mas crente demais, como ele, no ser humano e no respeito. Respeitamos as crenças e religiosidades mas não somos respeitados. Continuem difamando. Mostram como não são cristãos, como não respeitam o próximo e como vcs sabem estão mais próximos do demônio do que de Deus vocês que acreditam! Temam e respeitem seus iguais! Desafio-os. Publiquem e pratiquem.

Yuri S. C. disse...

Amanhã eu respondo vocês, ok?
Hoje é dia de futebol.

Bart Rabelo disse...

Tudo o que eu tenho a dizer sobre o assunto está dito aqui:

http://www.bartrabelo.com/2012/03/ja-que-as-coisas-sao-ditas-por-aqui.html

No mais, só volto a falar com o senhor em juízo e na presença do meu advogado. Aguarde a intimação.

Anônimo disse...

Na hora de falar mal, os cristão são ruins, são assassinos. Quando alguem reage contra, "vocês não são cristãos de verdade, pois não praticam o amor". Ah, e que eu saiba, o dono do blog é agnostico.

Loryfairy disse...

Sou católica e amiga de Bart há mais de dez anos. Ele sempre respeitou a minha religião. Mas assim como eu, ele odeia pessoas ignorantes e mentirosas como você.
Achei o seu comportamento infantil e penso que o senhor deveria procurar ajuda profissional, como por exemplo um terapeuta ou um psicólogo.
Uma família e um trabalho também seriam altamente recomendados.
Paz de Cristo.

Yuri S. C. disse...

Bart,
o que eu tenho a dizer está aqui:
http://perolasdospoucos.blogspot.com.br/2012/03/pequeno-esclarecimento.html

Yuri S. C. disse...

À suposta mãe do Bart.
Ao contrário do blog do seu filho, meu blog procura seguir uma política de comentários que está expressa a todos que desejam comentar neste blog.
Violando uma das regras dessa política mais queridas por mim, que é não aprovar comentários de anônimos, faço uma exceção e dou por verdade que a pessoa “anônima” é a mãe do Bart Rabelo e, portanto, identificável na vida real. [outros fatores ajudam a respaldar a ideia que você é, se não a mãe, conhecida do Bart: 1- publicou em horário muito próximo ao do Bart 2 – Após seu comentário ser publicado e eu manifestar a postergação desta resposta, Bart veio aqui e postou um novo comentário; imagino que ele tenha lido (ou esteja acompanhando por email) os comentários e, diante do silêncio do Bart para manifestar o contrário, suponho que de fato seja a mãe dele]
Mas, da próxima vez que quiser fazer um desafio, recomendo usar seu nome e não o anonimato.

Eu realmente imaginava que Bart e a banda fossem coisas “nada a ver com os comentários do Bart”, do contrário eu procuraria o site da banda. Se tiver medo que os pensamentos do Bart (seu filho) atrapalhem o desenvolvimento da banda no circuito musical, posso colocar um aviso em destaque que a “Banda BluesGraf não tem nada a ver com os comentários de Bart Rabelo”, ou quem sabe até retirar qualquer referência à banda.
Se eu imaginasse que meus leitores sofrem de analfabetismo funcional e tivesse que explicar detalhadamente tudo, eu praticamente faria um livro toda vez que quisesse expor alguma coisa. Por isso, acho que é por demais evidente aos sadios leitores que tal coisa NÃO é a opinião da banda.

Yuri S. C. disse...

...continuação (para mãe do Bart)...
Se sua fúria é com este blog, não há que escrever no plural. Aqui há apenas um autor, e este autor não procura representar qualquer grupo. Se algum grupo se sente representado, isso é problema dele.

Eu também respeito todas as crenças religiosas, além do ateísmo.
Quanto à falta de respeito que vocês sofrem, lembro também que é mais recomendável reclamar isso com quem lhes falta respeito, não aqui.

E se tivesse lido o que recomendo ler antes de comentar, não teria cometido a gafe de me chamar de cristão.

Yuri S. C. disse...

À Loryfairy:
O respeito à religião, não é isso que está em jogo aqui. Não desrespeitei.
O que você pensa sobre meu comportamento ou o que acha recomendável fazer, é problema seu e não meu. Vá procurar algo de seu interesse a fazer, recomendo um curso de interpretação de texto.

E veja bem, onde está a minha mentira, se tudo o que fiz foi apontar o que Bart fez??
Se você não apontar a mentira que cometo, você nunca mais comenta neste blog.
Da próxima vez que quiser mentir, vá mentir lá na zona ou em um dos blogs que segue, sua mentirosa.
Que uma mentirosa descarada me considere ignorante, é um elogio!
Vá à missa rezar pedindo luz ao seu Pai, pois você não anda nada bem de leitura.

J. Tanatos disse...

(risos)

Mesmo uma visita desinteressada aqui nunca é perdida!
Provavelmente o Yuri deve ter uma ideia do quanto eu me divirto com esse blog (acredito que ele deva se divertir mais que eu).

Achei um pouco estranha a reação do Sr. Rabelo a toda história (estranha em um sentido negativo, claro). Ele (ou "vc", se ele estiver lendo agora) colocou informes, no blog dele, que me fizeram perder um pouco o interesse em frequentar o mesmo... Senti-me meio "sufocado", não me senti "livre"...

Por outro lado, a banda parece interessante; depois vou pesquisar com mais calma: ainda não a conhecia.

O Yuri, as vezes, faz mesmo algumas colocações "intensas" aqui, sobre o que posta. Desde que não se torne algum tipo de injúria, calúnia, ou difamação, parece-me aceitável.
O limite para uma coisa ou outra, cabe a ele e a quem se sentiu prejudicado...

J.T.

Yuri S. C. disse...

Tanatos
Não estou certo que os limites sejam tão subjetivos quanto vc parece colocar. "cabe a ele e a quem se sentiu prejudicado"
Fosse assim, sujeitos sentimentalóides ou com alguma temporária mudança de comportamento teriam as leis nas mãos.